Conexão agreste

Sou daquelas que pode comer numa boa mandioca com manteiga no café da tarde. Minha avó fala oxente e minha mãe tem o estado de Pernambuco na certidão  apesar do falso sotaque carioca. No final das contas, acabei nascendo em Campinas, mas com a sensação de que herdei lá de cima a falta de frescura. Não me constrange entrar na casa de gente mais pobre, e no final das contas sei que quem não tem luxo tem grandes chances de ter muito mais felicidade que qualquer outra pessoa.

Aí eu, longe de casa e muito mais longe desse nordeste que nunca fui, me derreto toda. Me derreto com o sotaque e passo semanas encantada com música boa e com gente autentica. Saudades de algo que nunca conheci, mas que representa a tudo aquilo do que eu mais sinto falta no Brasil.

Dominguinhos sendo uma trilha sonora pro post e pra vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s