Por um calo

Hoje coloquei um sapato novo. Em 5 minutos de rua, começou o sofrimento de um dia inteiro.

Ao final do dia, eu já estava no meio do caminho entre duas avenidas: uma era onde eu precisava ir. A outra era o caminho pra casa. Meu pé disse: pra casa, agora.

E então, no meio do caminho, esqueci a dor quando escutei uma musiquinha que me hipnotizou e me fez atravessar a rua correndo. Me juntei aos turistas e aos outros hipnotizados como eu e fiquei ali, admirando o finalzinho do show de um grupo chamado Pollerapantalon. Em português, “saiacalça”. Por causa de um sapato novo, duro e meio apertado, parei o meu dia. Sabe quando você para o dia porque escolheu parar? Pois é. E, assim, depois de muitos anos, comprei novamente um CD. Dois, aliás, porque tinha promoção 🙂

(vídeo achado no youtube, não é meu! participação especial: o cachorrinho, que hoje também estava lá)